Confira as atrações do Forró Caju em Casa programadas para esta quinta, 25

Desenvolvido para fomentar o cenário cultural na capital sergipana, o Forró Caju em Casa, projeto da Prefeitura de Aracaju, coordenado pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), apresenta, na noite desta quinta-feira, 25, seis atrações dos diversos ritmos selecionados. As apresentações são transmitidas online, no canal da Prefeitura no YouTube, com início às 21h, e também podem ser acompanhadas pela TV Câmara de Aracaju e Rádio 103 FM.

A programação desta quinta será iniciada com a exibição da apresentação de Zé Américo do Campo do Brito. Amante do forró tradicional, Zé Américo já se apresentou em edições passadas do Forró Caju e agora volta neste novo formato. O artista sergipano já gravou alguns cds, nos quais retrata suas vivências e homenageia Aracaju.

Logo em seguida, às 21h30, o Forró Caju em Casa transmite a apresentação de Glaubert Santos. Integrante da Polícia Militar do estado, o músico começou sua trajetória no meio artístico ainda criança, quando seu pai, sanfoneiro, lhe apresentou o acordeon. Músico premiado, Glaubert é egresso da Escola de Artes Valdice Teles onde, aos 16 anos, começou a estudar acordeon e teoria musical.

Às 22h a população será embalada pelo som de Luiz Fontineli. Forrozeiro por natureza, Fontineli já diversos ritmos. Sua carreira começou profissionalmente quando classificou a canção “Nascente” em 1989 no Festival Estudantil “Novo Canto”. Em suas apresentações nos bares e casas noturnos, o cantor e compositor já tocou de MPB ao Pop-Rock.

Na sequência, às 22h30, a animação fica por conta de Virgínia Fontes. E, em seguida, às 23h, o Forró Caju exibe o show de Heitor Mendonça, artista graduado e licenciado em Música pela Universidade Federal de Sergipe, que se consagrou também como instrumentista.

Para finalizar a terceira noite de Forró Caju em Casa, a população será embalada pela sofrência de Klebynho Leone. Com show exibido às 23h30, o artista trará para a transmissão o ritmo marcante do arrocha, satisfazendo os amantes da sofrência.